Comemoração do ‘Dois de Julho’ vai ter programação diferente em virtude da pandemia

Hasteamento da bandeira do estado acontecerá às 8h da quinta (2)

[Comemoração do ‘Dois de Julho’ vai ter programação diferente em virtude da pandemia]

FOTO: Tatiana Azeviche / Setur BA

O Dia da Independência do Brasil na Bahia, celebrado na próxima quinta-feira (2), terá atos comemorativos simbólicos no Largo da Lapinha, com medidas de restrições. O acesso será liberado apenas às autoridades civis e militares, além da imprensa identificada. A partir das 8h, haverá hasteamento das bandeiras nacional, do estado e da capital baiana, seguido pela deposição de flores aos Heróis da Independência no monumento do General Labatut.

A solenidade vai contar com as presenças do prefeito ACM Neto e do governador do Estado Rui Costa, dos presidentes da Assembleia Legislativa da Bahia, da Câmara de Vereadores e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), Nelson Leal, Geraldo Júnior e Eduardo Morais de Castro, respectivamente.

A Fundação Gregório de Mattos (FGM) disponibilizará em seu canal no Youtube uma programação recheada de atrações, durante seis dias, com direito à exibição de filmes, encontro de filarmônicas, videoaulas e rodas de conversas.

A partir das 8h desta quinta-feira (2), o canal do Youtube da fundação transmitirá a estreia do documentário "Dois de Julho – Um Sonho de Liberdade”, com direção de Yuri Rosat. O curta-metragem retrata a importância da Independência da Bahia na construção da identidade cultural do povo baiano. Às 18h, será exibido o 29º Encontro de Filarmônicas, conduzido pelo maestro Fred Dantas, com apresentações musicais gravadas e entrevistas ao vivo.

Na sexta (3), das 8h às 21h, ficará disponível para o público o filme “Dois de Julho: Guerra da Independência na Bahia”, de Renato Barbieri. O longa detalha os conflitos ocorridos na Bahia entre portugueses e brasileiros, apresentando um rico acervo de imagens históricas e atuais, além de entrevistas com historiadores baianos e cenas de celebração popular.

Para o público infantil, a partir das 8h do sábado (4), será exibido o filme “Dois de Julho: Caminhos da Liberdade”, de direção de Mira Silva e Pedro Santana. Na história, quatro crianças encontram, numa antiga senzala, um mapa bem diferente do que elas conhecem.

No mesmo horário, a FGM promoverá jogos educativos com o objetivo de entreter e estimular crianças e jovens a aprenderem sobre os fatos e personagens históricos relacionados à Independência da Bahia.

No domingo (5), a partir das 8h, a FGM exibirá o documentário "Fui pra Rua e Volto Já", de direção de Lucas Franco. Com três episódios, a obra apresenta de que maneira os baianos se relacionam com o Dois de Julho, como é o cortejo em Salvador e questiona se a data deve ter mais relevância ou não.

 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Thelminha Assis reproduz foto da primeira modelo negra a ser capa da 'Vogue' em 1966]

A modelo Donyale Luna fez história na década de 60, entrando para o time das grandes modelos

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!