Contas do governo registra o pior desempenho da série histórica

Rombo no mês de abril foi de R$ 92,2 bilhões

[Contas do governo registra o pior desempenho da série histórica]

FOTO: Reprodução/Agência Brasil

A crise do coronavírus provocou um rombo mensal nas contas públicas em abril, no valor de R$ 92,9 bilhões, de acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional. Esse foi o pior resultado mensal da série histórica da instituição, iniciada em 1997. A marca anterior era de dezembro de 2016, com um valor total de R$ 62,4 bilhões.

De acordo com a equipe econômica, o déficit de abril foi motivado por uma perda de arrecadação de R$ 43 bilhões por conta dos impactos provocados pelo coronavírus, como redução no nível de atividade e adiamento no pagamento de tributos, além da redução de alguns impostos sobre produtos médicos e zinco.

No mês de abril, as despesas em resposta a crise totalizaram R$ 59,4 bilhões, dos quais R$ 35,8 bilhões para pagamento de auxílio emergencial de R$ 600, R$ 17 bilhões de financiamento para o pagamento de folha salarial (e R$ 4,8 bilhões de crédito extra para o Ministério da Saúde e demais ministérios).

A Secretaria do Tesouro Nacional estimou que o rombo nas contas do setor público consolidado (governo, estados, municípios e empresas estatais) deve somar 708,7 bilhões em 2020, ou 9,9% do PIB (Produto Interno Bruto). Se confirmado, será o maior valor da série histórica do BC, iniciada em 2001. 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Sandy estará na trilha sonora brasileira do live action de 'Mulan']

Não é a primeira vez que Sandy participa da trilha sonora do filme. No longa de 1998, a cantora e seu irmão deram voz a duas músicas da produção

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!