Em Bauru, cães ‘invadem’ ambulância do Samu para acompanhar dono

Animais também dormiram na porta da UPA

[Em Bauru, cães ‘invadem’ ambulância do Samu para acompanhar dono ]

FOTO: Arquivo/G1

Um caso surpreendente que ocorreu em Bauru (SP) mostrou que, de fato, a fidelidade dos animais de estimação a seus donos não possui limites. Na última segunda-feira (1°), uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou socorro ao catador de recicláveis José Antônio Pereira, de 47 anos, e duas socorristas que participaram do atendimento “permitiram” que os dois cães do homem o acompanhassem dentro da ambulância. A informação é do G1. 

Segundo Patrícia Iolanda Antunes, enfermeira-chefe do Samu em Bauru, a aventura da equipe começou no atendimento a um caso de paciente convulsionando no bairro Jardim Ivone. Na chegada ao local, a motorista Josyane Plana e a técnica de enfermagem Maria de Lourdes Pereira encontraram o catador ainda caído no chão e um pouco confuso, mas não conseguiram chegar perto do paciente porque seus cães avançavam em quem se aproximasse do homem.

As socorristas conseguiram acalmar os animais os chamando pelos nomes e colocaram o homem na maca. Mas ao colocar o paciente na viatura, os dois cães entraram e ficaram ao lado do dono. Na sequência, a equipe do Samu ligou para o médico-regulador do serviço para justificar a decisão e as socorristas disseram que os animais não abandonariam o homem. O médico aprovou a decisão da dupla.

Ao chegar na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Mary Dota, o catador de recicláveis precisou passar a noite em observação. Bob e Chiara deitaram-se na porta da sala de emergência da UPA e passaram a madrugada à espera do dono. Na manhã desta terça-feira (2), José Antônio teve alta, pôde reencontrar seus amigos fiéis e voltar para casa.


Comentários