Estudo mostra que humanos passaram Covid-19 para cervos nos EUA

Cientistas americanos afirmam que a transmissão entre os animais está descontrolada

[Estudo mostra que humanos passaram Covid-19 para cervos nos EUA]

FOTO: Getty Images

Um estudo realizado por cientistas americanos mostra que humanos infectaram veados selvagens com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, em vários estados dos Estados Unidos. Agora, os especialistas afirmam que a doença está se espalhando com rapidez entre os amigos. O estudo foi publicado no mês passado na revista Nature.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas coletaram fluidos das narinas de cervos de cauda branca em Ohio e encontraram evidências de que humanos haviam espalhado o coronavírus entre mamíferos pelo menos seis vezes. Cerca de um terço dos veados analisados tinham infecções ativas ou recentes, segundo o estudo. O levantamento sugere, ainda, que o coronavírus pode estar se espalhando pelas espécies, com números que chegam a cerca de 30 milhões de casos nos EUA. Até o momento, nenhum caso de propagação de Covid-19 de cervo para humano foi relatado. 

A circulação  generalizada do vírus em veados pode representar um risco para as pessoas se mutações nos animais criarem uma nova variante. Uma população de animais selvagens que abrigam o vírus também pode reter variações da doença que não estão mais circulando entre os humanos, e permitir que retornem mais tarde.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Cirurgia estética vaginal: conheça as opções de procedimentos e indicações! ]

Segundo dados divulgados pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, o Brasil é o país campeão em cirurgias íntimas

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!