Exame que salva vidas

Confira o editorial desta domingo (06)

[Exame que salva vidas]

FOTO: Agência Brasil

O teste do pezinho é o exame de sangue coletado no pé do recém-nascido. Fácil e rápido de ser feito, é de extrema importância e deve ser realizado entre o terceiro e, no máximo, quinto dia após o nascimento do bebê. 

Seu objetivo é diagnosticar precocemente – na fase sintomática – doenças que causam complicações graves, que vão desde retardo mental até a morte. E mesmo diante da pandemia da covid-19 o bebê deve fazer o exame.

É a primeira e grande estratégia de prevenção de doenças em criança e nenhum bebê deve deixar de fazer e de mostrar o resultado ao seu pediatra. Em caso de alteração, o especialista deve ser acionado com brevidade.  

Desde junho de 2014, todos os estados brasileiros estão habilitados a realizar o teste, tanto no sistema público de saúde quanto na rede particular.

Uma vez que o resultado tenha dado positivo para uma das doenças que fazem parte do rol do teste do pezinho, é preciso tirar a prova com um novo teste comprobatório. Mesmo que seja difícil e assuste os pais, o resultado positivo nem sempre quer dizer que a criança desenvolverá a doença em questão.

Nesses casos, o teste deve ser repetido rapidamente com o acompanhamento do pediatra, que deve ficar atento às manifestações clínicas da doença.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!