Gasolina brasileira terá o mesmo nível da vendida nos EUA e Europa

Mudanças seguem nova resolução da ANP que elevará octanagem e densidade da gasolina

Mesmo com críticas justas à qualidade da nossa gasolina uma retrospectiva nos lembra que o principal derivado do petróleo vem mudando para se tornar mais eficiente.Desde 1989 a gasolina não tem mais chumbo na composição o que torna nosso combustível menos poluente, nos anos 1990 passou a receber uma adição de alcool na composição e desde 2014 o teor de enxofre foi reduzido de 200 para 50 partes por milhão. 

A partir de agosto passará a valer a resolução da ANP (Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) por mudanças na formulação da gasolina. O que muda? A atual octanagem de no mínimo 87 octanas passará a 93 enquanto na gasolina premium de 95 passará a 98 octanas. Outra mudança será a densidade da gasolina que passará a ser 0.715 kg/L para todos os produtos comercializados no país. 

A maior octanagem da gasolina deixará nosso combustível mais eficiente, a densidade uniforme deixará a combustão mais precisa e com menos emissões e permitirá que a indústria fabrique motores mais econômicos. O teor de etanol, 27,5%, não irá mudar.

A mudança na octanagem melhora o processo de combustão. Em alguns carros a baixa octanagem da gasolina antecipa o processo de queima (detonação) e faz o motor trabalhar, mesmo que por pouco tempo, sem combustível o que leva a um desgaste antecipado. Por isso no Brasil muitos carros importados mais antigos apresentavam problemas a longo prazo por terem tecnicamente taxa mais alta de compressão enquanto nossa gasolina, até então, tinha baixa octanagem e não acompanhava a eficiência desses propulsores. Quando os carros são "nacionalizados", um dos processos é ajustar e reduzir essa taxa de compressão para não causar problemas durante o uso do ano. Com essa melhora na qualidade da gasolina esse ajuste não precisará mais ser feito. 

E pelo mesmo motivo carros mais antigos com alta taxa de compressão (turbinados, moores grandes e de maior potência como os esportivos) devem usar gasolina premium ou de alta octanagem, recomendado inclusive nos manuais e pelos fabricantes ou importadores.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Thelminha Assis reproduz foto da primeira modelo negra a ser capa da 'Vogue' em 1966]

A modelo Donyale Luna fez história na década de 60, entrando para o time das grandes modelos

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!