Morre André Catimba, ídolo no Vitória, aos 74 anos

Jogador foi o segundo maior artilheiro do Leão em Brasileiros

[Morre André Catimba, ídolo no Vitória, aos 74 anos ]

FOTO: Reprodução

O ex-atacante André Catimba, um dos maiores ídolos da história do Vitória, morreu nesta quarta-feira (28), em Salvador, por causa ainda não revelada. Ao lado de Mário Sérgio, Catimba, que tinha 74 anos, fez parte do ataque mais marcante do rubro-negro e foi campeão baiano de 1972.  A morte do jogador foi confirmada por familiares.

André Catimba chegou ao Vitória em 1971 e vestiu a camisa rubro-negra por cinco anos. No Leão, ele é o segundo maior artilheiro em Brasileiros. Após a trajetória de sucesso no Vitória, o atacante foi transferido para o Guarani. Ficou apenas uma temporada na equipe do interior paulista, mas o suficiente para fazer 27 gols. No Grêmio, ficou marcado por uma cena em especial durante um Gre-Nal. Na decisão do Campeonato Gaúcho de 1977, o Grêmio tentava quebrar um jejum de oito anos sem o título. Em um clássico disputado, Catimba balançou as redes aos 42 minutos do primeiro. Na euforia da comemoração, tentou dar uma cambalhota no ar, mas errou o salto e caiu de cara no chão. O fotógrafo Armênio Abascal Meirelles eternizou o momento. 

Argentina

A passagem de André Catimba pela Argentina foi curta, durando apenas seis meses. No país vizinho, ele foi vítima de injúrias raciais. Na época, Maradona foi um ponto de apoio diante de um ambiente extremamente hostil.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!