Nise Yamaguchi move processo contra senadores da CPI e pede indenização de R$ 320 mil por danos morais

Médica oncologista diz que foi vítima de misoginia e humilhação durante oitiva

[Nise Yamaguchi move processo contra senadores da CPI e pede indenização de R$ 320 mil por danos morais]

FOTO: Reprodução/Senado

A médica oncologista Nise Yamaguchi processou o presidente da CPI da Covid, o senador Omar Aziz (PSD-AM), e Otto Alencar (PSD-BA). Ela afirma ter sido vítima de misoginia, preconceito ás mulheres e humilhação durante a oitiva, ocorrida em 1º de junho. A cada um deles, ela pede indenização de R$ 160 mil por danos morais. 

Na ação contra Aziz e Alencar, Nise afirma que os dois abusaram do direito da imunidade parlamentar a que tem e "perpetraram um verdadeiro massacre moral". 

De acordo com a defesa da médica, em entrevista à CNN, durante a oitiva, o senador Otto Alencar questionou a Nise a diferença entre vírus e protozoário.  “Na grade curricular brasileira, os protozoários são estudados no 4° ano do estudo fundamental, fato este que por si só, demonstra a intenção de Otto Alencar em diminuir e humilhar publicamente Nise Yamaguchi, desprestigiando seu conhecimento científico.”, aponta os advogados. 

Na avaliação deles, Aziz entra como "cúmplice da desintegração moral da médica", pois não fez nada para impedir o senador Alencar.

Caso ganhe a ação, a médica afirma que vai doar o dinheiro a hospitais que atendem crianças com câncer.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!