Preços no setor de serviços alcançam maior nível desde 2015

Resultado é intensificado pela atividade econômica em tempos de custos mais altos e retomada de empregos

[Preços no setor de serviços alcançam maior nível desde 2015]

FOTO: Reprodução/Agência Brasil

O setor de serviços registrou uma elevação que pode levar a um patamar visto apenas em 2015, quando era 8,1%. O resultado é verificado em razão da atividade econômica em tempos de custos mais altos e retomada de empregos.

Com o cenário de otimismo, o nível elevado dos preços no setor pode ser tornar um desafio para o alinhamento da inflação, com meta de 2023 (3,25%). Os serviços representam mais de um terço do consumo brasileiro contabilizado no IPCA, índice da inflação oficial.

Como informou a Greenbay Invertimentos em levantamento para o Estadão, no calculado de 12 meses até março, a alta de preços dos serviços era de 6,30%. No total de 12 meses até abril, esse número subiu para 6,94%. Durante o período, a inflação foi de 12,13%.

Nos 14 anos entre 2002 e 2016, o preço no setor dos serviços registravam avanço acima dos 5%, com média de aproximadamente 7% nesse tempo. De 2017 a 2019, houve recessão e a média caiu à metade, chegando a níveis parecidos com o crescimento econômico, em torno de 1%.

Desde então, com a pandemia, houve forte impacto sobre os serviços e, após a reabertura econômica, os preços elevaram.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!