Saiba melhorar o relacionamento com clientes a partir do uso de novas tecnologias

Aos detalhes...

[Saiba melhorar o relacionamento com clientes a partir do uso de novas tecnologias]

Nossa sociedade vive em um momento na história em que mudanças intensas ocorrem em um curto período de tempo. Nosso dia a dia é pautado em receber informações dos mais variados assuntos. Alguns especialistas já exploram o termo “gordura informacional”, e o quanto esse caminhão de informações pode impactar a vida das pessoas. Fato é que esse boom de dados é consequência direta da tecnologia, que facilita, por exemplo, o compartilhamento de ideias. E felizmente, todo o conhecimento oriundo do tech agrega e facilita a vida do ser humano em muitos aspectos.

Uma questão bastante comentada pelo mercado no último ano é o quanto o isolamento social antecipou tendências, e isso é um fato inquestionável. Com a chegada da covid-19, todos os negócios precisaram correr para não ficarem obsoletos, sobretudo quanto a experiência de um novo perfil de consumidor. Neste sentido, um estudo que foi publicado pela OEA e pelo BID, afirma que a pandemia acelerou a digitalização na América Latina, e que em três meses avançamos o que se esperava para três anos. 

Entretanto, neste período desafiador, foram muitas empresas que também se destacam na entrega de serviços com inovação que tornam o dia a dia do consumidor mais fácil, e se eu puder elencar alguma semelhança entre esses negócios, eu diria que é a inteligência estratégica no uso de tecnologia. Sem dúvida nenhuma as empresas que apostaram em soluções tecnológicas conseguiram estabelecer uma imagem de credibilidade no mercado.

Neste sentido, algumas tecnologias de fácil aplicação podem ajudar as marcas a se sobressair, dando os primeiros passos de inovação nos negócios, chamando a atenção dos clientes, e proporcionando experiências memoráveis para os consumidores. Quando olhamos para o varejo físico, por exemplo, totens de autoatendimento podem auxiliar clientes que não gostam de ser interrompidos por vendedores. Com ele, os clientes têm a possibilidade de finalizar a venda com independência. Esta é uma ferramenta que entrega praticidade, além de ajudar na diminuição das filas em loja.

Uma outra solução bem simples é a formação de uma equipe que seja responsável pelas mídias sociais da empresa. Pois quando surgir o comentário de um seguidor da rede, terá alguém do outro lado para responder uma dúvida ou até mesmo interagir com o comentário. Pode parecer simples, mas são detalhes que encantam os clientes e humanizam a marca. Uma outra ferramenta possível é a estruturação de uma equipe responsável pelo SAC. Muitas empresas oferecem esse serviço, mas não olham com a atenção que a área merece, já que o setor é a vitrine de como a empresa se relaciona com seus clientes, principalmente após a venda. Se as notas estão baixas, todo o projeto precisa ser revisto. Um atendimento ruim no call center pode prejudicar a imagem da empresa e afastar o cliente.

Vejam bem, essas soluções acima são bem simples, de fácil aplicação para os negócios que ainda não têm serviços voltados à tecnologia. Hoje, vivemos em um mundo de inovação muito mais profundo, com uma Inteligência Artificial capaz de, por exemplo, deduzir uma compra devido ao comportamento do consumidor na internet, baseando-se nas últimas compras, ou até mesmo em clientes que têm hábitos de consumo similares. Essas são tecnologias robustas, que precisam de um estudo profundo, um banco de dados integrado e muita estratégia para implantação. Mas como eu sempre digo, para começar, é preciso partir de algum ponto inicial, e com isso, deixo o questionamento: sua empresa já começou?

A gente sabe que a palavra da vez é inovação, mas quando falamos sobre o tema, muitos pensam em estratégias mirabolantes do ponto de vista de aplicação da ideia. Mas inovar pode ser bem simples. E uma dica de ouro é que ela precisa sempre fazer sentido ao seu core business. Ideias que são aplicadas com inteligência estratégica, são capazes de revolucionar o negócio. A novidade se torna referência e atrai os consumidores. A imagem que você consolida ao investir em tecnologia é de referência no seu setor, e esse mérito ninguém vai tirar de você!                                    William Sousa é fundador e Presidente da Kainos, empresa especializada em customer experience e soluções de atendimento. Há oito anos no mercado, a Kainos nasceu de uma consultoria, e com o sucesso do projeto, a companhia iniciou-se para colocá-lo em prática. Hoje, a empresa tem mais de 1000 funcionários e operações em São Paulo, Taubaté, Salvador, Porto Alegre e Palmas.


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[Ator Rodrigo Hilbert estreia série de aventuras com o Bronco Sport]

A série de três filmes poderá ser vista no Youtube da Ford e também no Instagram da marca e de Rodrigo Hilbert  

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!