Bolsonaro só deve assinar antecipação do 13º de aposentados após aprovação orçamentária

Orçamento só deve ser votado no final de março

[Bolsonaro só deve assinar antecipação do 13º de aposentados após aprovação orçamentária]

FOTO: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro só deve assinar a medida que aprova o pagamento antecipado do 13º de aposentados depois que a Lei Orçamentária de 2021 tiver aval no Congresso. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

A votação da Lei Orçamentária de 2021, que deveria ter sido votada em dezembro, foi adiada para o final de março.

A quantia é voltada para diminuir o impacto financeiro gerado pela pandemia da covid-19 nos aposentados.

Segundo a colunista, uma parte da equipe do presidente acredita que antecipar o valor pode ser um risco, já que poderia comprometer um gasto que não está previsto no Orçamento. No entanto, outros dizem que os recursos, que já são previstos, só estariam sendo pagos de forma antecipada.

A antecipação ou não deve ser analisada pelo presidente ainda nesta quarta (24).


Comentários

Relacionadas

Veja Também

[“Gordinha” de Eliana Kertész recepciona passageiros no Aeroporto de Salvador ]

Inspirada na escultura de "Salomé”, peça celebra os vinte anos da obra original 

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!