ONU avalia que esforço para superar crise de 2021 será o maior da história

Previsão vai de encontro a tendência de retomada apontada pelo FMI e Banco Mundial

[ONU avalia que esforço para superar crise de 2021 será o maior da história]

FOTO: Reprodução/USP

A ONU (Organização das Nações Unidas) acredita que em 2021 os impactos da pandemia do coronavírus será ainda maior do que em 2020. A crise humanitária deve afetar 235 milhões de pessoas, de acordo com a entidade, o que deve exigir um esforço nunca antes visto na história. De acordo com informações do colunista Jamil Chade, do UOL. 

A ONU prevê que a operação de resgate custará R$ 35 bilhões. O valor seria destinado a ajudar países como Síria, Venezuela, Paquistão, Afeganistão, Iêmen, Ucrânia, Colômbia e outros. A entidade estima que 56 países vão precisar de ajuda internacional, entre eles o Brasil. A entidade ainda teme que a vacina contra a Covid-19 não seja acessível para todos e não chegue para as populações mais pobres. 

As previsões da ONU vão no caminho contrário do que espera o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o Banco Mundial e outras instituições. A expectativa de algumas delas é que 2021 seja um ano de retomada econômica para o mundo. Já as Nações Unidas avalia que o impacto da crise de 2020 será prolongado entre aqueles em situação mais vulnerável. 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!