Juros do cartão de crédito fecha 2021 com alta de 350%

Taxa do cheque especial subiu de 115,6% em 2020 para 127,6% ao término do ano passado

[Juros do cartão de crédito fecha 2021 com alta de 350%]

FOTO: Agência Brasil

Dados do Banco Central (BC) divulgados nesta sexta-feira (28) mostram que o juro médio total cobrado pelos bancos no rotativo do cartão de crédito subiu 21,8 pontos percentuais no ano passado. A taxa passou de 327,8% em dezembro de 2020 para 349,6% ao ano no fim de 2021.O rotativo do cartão, com o cheque especial, é uma modalidade de crédito emergencial.

Considerando o juro total do cartão de crédito, que considera operações do rotativo e do parcelado, a taxa passou de 57,4% para 63,9% na comparação entre dezembro de 2020 e 2021. Já a taxa média de juros no crédito livre, segundo o BC, fechou em 2021 em 33,9% ao ano.

Antes do banco iniciar o ciclo de aperto monetário, no último mês de 2020, essa taxa estava em 25,5% ao ano, ou seja, subiu 8,4 pontos porcentuais em 2021. Já a Selic subiu 7,25 pontos porcentuais, de 2,0% para 9,25%, durante o ano passado. 

Entre as principais linhas de crédito livre para a pessoa física, destaque para o cheque especial, cuja taxa subiu de 115,6% ao ano para 127,6% ao ano. No crédito pessoal, a taxa passou de 30,3% do fim de 2020 para 37,6% em 2021. Os dados divulgados hoje pelo BC mostram ainda que, para aquisição de veículos, os juros fecharam em 2021 em 26,8% — eram 19,2% no último mês de 2020.
 


Comentários

Relacionadas

Veja Também

Fique Informado!!

Deixe seu email para receber as últimas notícia do dia!